-

motivos para assistir ao chelsea show


Nós, brasileiros, não somos de ver atrativos em talk shows, e a própria TV brasileira sabe disso. Não à toa, não temos mais do que uma opção de talk show BOM por aqui, e mesmo esse não é do tipo que lota o YouTube com vídeos memoráveis de respostas inesperadas ou com super astros de Hollywood dando o seu melhor durante um desafio de dança. Além do mais, todos eles são transmitidos tarde demais, num dia em que queremos fazer ~outras coisas~, e não assistir TV.

Claro que estou falando de dormir.

Eu não fujo a essa regra. Quando penso em talk shows, penso em programas de entrevistas vazios que não vão me ensinar nada, e os poucos vídeos que vi de programas do tipo – e estou falando dos programas americanos – não me fizeram perder esse pensamento. Se você tem um ídolo e quer saber um pouco mais sobre ele, além do que ele já compartilha no seu Instagram ou no Twitter, talvez veja algo de útil neles. Mas duvido que acompanhe o programa além disso.

Mas então por que de repente eu achei que fosse uma boa ideia assistir assiduamente ao talk show da Chelsea?

Aqui vão os meus motivos.

O Chelsea Show é divertido!
Argumento que pode até ser um pouco manjado, mas que tem o seu fundamento.
Independente de quem for o convidado – um ator famoso que está lá para divulgar um filme, uma alpinista que subiu o Everest sem auxílio de oxigênio extra ou um comediante who que você não faz ideia de quem seja –, ela vai dar um jeito de fazer a coisa ser divertida. É hipnotizante.

Até porque a Chelsea é tipo aquela sua tia solteirona que você não vê a hora de chegar pra ceia de Natal, porque sabe que, quando ela abrir a boca, mesmo que ligeiramente, você vai abrir a sua para rir – ou até gargalhar. E o mais engraçado disso tudo: às vezes, mesmo quando não diz nada, ela consegue ser engraçada. Isso é mágico.

E sabe o que é melhor? O programa não se resume SÓ a entrevistas. Não sei se isso é comum a outros talk shows, mas nesse a Chelsea se submete às mais diversas experiências, que vão desde ir ao Japão descobrir o que é ser uma Harajuku, passando por uma clínica de emagrecimento que acredita que pode te fazer perder uns quilos ao congelar o seu corpo, até uma ida a um desses acampamentos que te expõem ao limite do esforço físico com a ajuda de muita lama. Muita lama mesmo.



E a Chelsea está sempre devidamente acompanhada da sua equipe de produção que, assim com ela, é também divertida! Todos são ótimos personagens dessa grande empreitada, o que me leva a crer que deve ser pré-requisito para fazer parte do show ter um pouco de senso de humor, e eu acho isso ótimo!
Falando assim, posso fazer parecer que o programa é uma grande palhaçada, mas acredite em mim quando digo que...

O Chelsea Show também pode ser sério
O que é fascinante!
Imagine você como pode ser interessante uma entrevista bem humorada sobre um assunto sério. Existe maneira melhor de aprender sobre a lua, seus movimentos, sua influência na Terra e o que mais for, senão com uma pitada de humor? Eu duvido.

E mesmo que você não se importe muito com conhecimentos gerais, a Chelsea e a sua produção se preocupam em fazer críticas, e essas são críticas pertinentes, diga-se de passagem. É como se a Chelsea não quisesse só encher o seu bolso de dinheiro com o programa (embora eu acredite que isso seja um fator motivador, sim), mas também quisesse mudar o país e, quem sabe?, o mundo no qual vive com a sua influência e com uma boa quantidade de ótimos argumentos. Por isso, talvez possa lhe ser um pouco estranho saber que...

O Chelsea Show também trata de política
E eu não vejo como eles poderiam evitar o assunto.
A Chelsea, assim como uma boa parte dos americanos (assim esperamos), não quer Donald Trump como o próximo presidente dos Estados Unidos, e a cada novo programa ela não deixa que ninguém se esqueça disso. Talvez o assunto surja em pauta com algum dos seus convidados, mas, mesmo que isso não aconteça, a produção prepara esquetes sobre o tema.



E elas são sensacionais! Vão desde uma reunião com idosos até com os membros de uma tradicional igreja frequentada, em sua grande parte, por negros para saber o que ambos os grupos pensam sobre os atuais candidatos à presidência. Nem as crianças se livraram da sua curiosidade em um dos episódios, e, muito embora o encontro com elas tenha tido a sua cota de seriedade, com crianças de opinião formada dizendo aquilo que nós, cidadãos do mundo, esperamos que elas digam (que o Trump é um babaca!), é claro que não daria pra evitar por muito tempo que elas debandassem para outros assuntos mais aleatórios, como Minecraft, por exemplo.
Em falar em crianças, é em cima da história de uma que...

O Chelsea Show trata sobre questões sociais
E não sobre aquelas que os programas matutinos e feitos para famílias tradicionais estão esperando que ele aborde.
Estou falando sobre mostrar a vida de uma criança que não se apega a gêneros e, muito embora goste de se identificar como menino, também ama vestir roupas de menina. E gosta de maquiagem, também (apesar de não saber usá-la muito bem – e a Chelsea jamais me deixaria mentir sobre isso). Então fica a questão: que outros programas que assistimos (ou não) teria coragem de abordar esse tema tão polêmico?

É até comum que personalidades influentes falem sobre homossexualidade (e elas não voam mais alto do que isso), mas falar sobre gênero desse jeito, com um exemplo prático, de maneira didática, eu não me lembro de ter visto falarem. Tampouco em um talk show. É um assunto complexo, desconhecido pela maioria massiva e que precisa de atenção.
Lembra-se de quando eu disse que não me atraíam os talk shows por-que tinha medo de não aprender nada com eles? Pois bem. Aqui eu aprendi algo!
E uma vez com a lição aprendida, acho que é possível se permitir um pouco de distração com banalidades, como um simples jantar repleto de...

Convidados famosíssimos em sua forma mais natural!
Não sei se essa ideia é inovadora, mas um dos quadros mais fascinantes do Chelsea Show é justamente os jantares em que ela convida famosos (famosíssimos!) para um jantar em sua própria casa para tratar de um tema específico.

O primeiro deles foi uma conversa com parte do elenco do filme Guerra Civil. Ver o Chris Evans e seus colegas de encenação em uma situação tão primata quanto um ritual de alimentação é curioso e pode render conversas hilárias! É quase como se eu e você (se estivéssemos diante da mesma tela) pudéssemos fazer parte daquele jantar também.
E é claro que em algum momento a conversa deixaria de ser sobre os heróis criados pela Marvel, e são em momentos como esses que enxergamos personalidade e humanidade em ídolos que, normalmente, vemos como mitos.



E o que falar do jantar que reuniu Kate Hudson, Mayim Bialik e outras personalidades da televisão para falar um pouco sobre maternidade? Para aqueles que só estão acostumados a ver astros de Hollywood falar sobre seus trabalhos exaustivos e super bem remunerados em filmes de enorme orçamento, pode ser estranho vê-los em roupas absolutamente comuns enquanto divagam sobre como é bom ter filhos (o que [Spoiler alert!] é um pesadelo para a Chelsea, defensora assídua da opção de não ter filhos em momento nenhum!), mas é uma estranheza divertida, vai por mim.

Aliás, você sabia que a Megan Fox manja de fazer mapas astrais? Não? É, eu e a Chelsea também não sabíamos, e foi num dos episódios de Chelsea Show que ela e eu ficamos sabendo disso. E foi surpreendente, especialmente pra Chelsea, que foi quem teve toda a vida descrita me um desses mapas.

São ótimos motivos para acompanhar um talk show, e posso até afirmar que citei nesse texto um para cada tipo de pessoa que existe no mundo. Se é distração ou aprendizado o que procura, o programa pode te fornecer ambos. A risada, então, é cem por cento garantida. A informação também, e acredite em mim quando digo que a Chelsea pensa exatamente como você sobre a maioria dos assuntos.
(Talvez não sobre todos, mas se não são nossas diferenças que fazem a humanidade tão fascinante, o que seria, então?)

Agora, caso eu não tenha sido convincente o suficiente até aqui, tenho certeza de que essa carta na manga será por mim:

O Chunky!
Que outra apresentadora de talk show tem um companheiro tão fofinho de tudo quanto esse? Não consigo me lembrar de nenhuma.


Então caso queira simplesmente ignorar tudo o que os convidados estão falando, preste atenção no Chunky. Garanto que a carinha dele estará fofinha assim sempre! ♥


Mia Fernandes

quando a vida muda os planos

Eu tinha um plano. Meu plano envolvia estabilidade na carreira, um namorado que me amasse , liberdade financeira e um filho. Tudo isso deveria ocorrer antes dos meus 30 anos. Reformulando: tudo isso ainda pode ocorrer antes dos meus 30 anos, mas com a atual velocidade da carruagem, não vejo como isso tudo poderia acontecer.

Estou com 28 anos, larguei o emprego, o mais próximo de amor da minha vida/filho é o meu cachorrinho e tô vivendo minha vida financeira baseada na obra O Segredo (só na fé de que o dinheiro vai se materializar na minha conta).

Para resumir o samba: eu deveria estar numa crise existencial das brabas e culpando o retorno de Saturno por todos os reveses em minha vida. Não sei qual alinhamento de planetas está rolando no Universo, mas não é isso que está ocorrendo.

Em uma conversa com um amigo, falamos sobre como nossos planos estavam desandando. Refletimos sobre como não alcançamos nada que nossos pais alcançaram com a nossa idade. Lamentamos a nossa falta de sorte e nos indagamos sobre o que viria a seguir.

Segundos depois, arrebatada por uma iluminação divina, eu declarei que nada daquilo importava.Nós não éramos nossos pais. Nós havíamos conquistado outras coisas: uma educação mais rica e completa, conhecemos mais lugares, vivemos experiências únicas e etc...

vaquinha positiva com um lembrete importante


Não existe nada de errado em querer moldar nosso futuro à sombra dos feitos de nossos pais. Entretanto, não precisamos tomar isso como uma base para a felicidade. Talvez, a nossa realização não seja o que acreditávamos que seria. 

Desde que todos meus planos desmoronaram, senti uma leveza inacreditável. Eu não tinha mais nenhuma obrigação com essas metas absurdas que impus a mim. O que eu tinha minha em minha frente era uma folha em branco e a liberdade para reescrever meu futuro como bem entendesse.

Minha vida perdeu um pouco de seu rumo e pela primeira vez, eu me encontrei. 

Artes: Positive Doodles e Culley Committee
Mia Fernandes

o que tem de bom na netflix - julho de 2016


Julho: o tão aguardado mês das férias escolares. É hora de esquecer um pouquinho das responsabilidades, curtir com os amigos e se preparar para fazer aquela maratona esperta de todo o catálogo disponível da Netflix.

A boa notícia é que o serviço de streaming adicionará vários títulos que aguardávamos ansiosamente: são novas temporadas, produções originais, filmes e até mesmo seriados inteiros. Vejam só o que vem de bom por aí:

IMPERDÍVEIS

Detona Ralph (01/07/2016)
"Ralph (John C. Reilly) é o vilão de Conserta Félix Jr., um popular jogo de fliperama que está completando 30 anos. Apesar de cumprir suas tarefas à perfeição, Ralph gostaria de receber uma atenção maior de Felix Jr. (Jack McBrayer) e os demais habitantes do jogo, que nunca o convidam para festas e nem mesmo o tratam bem. Para provar que merece tamanha atenção, ele promete que voltará ao jogo com uma medalha de herói no peito, no intuito de mostrar seu valor. É o início da peregrinação de Ralph por outros jogos, em busca de um meio de obter sua sonhada medalha."
Fonte


Gilmore Girls (01/07/2016)
Série completa
"Lorelai Gilmore (Lauren Graham) tem uma relação tão amigável com sua filha, Rory (Alexis Bladel), que muitas vezes elas são confundidas como irmãs. Entre o relacionamento de Lorelai com seus pais, a nova escola preparatória de Rory, e os romances nas vidas das duas, há muito drama e muita diversão acontecendo."
Fonte



Os Oito Odiados (09/07/2016)
 "Durante uma nevasca, o carrasco John Ruth (Kurt Russell) está transportando uma prisioneira, a famosa Daisy Domergue (Jennifer Jason Leigh), que ele espera trocar por grande quantia de dinheiro. No caminho, os viajantes aceitam transportar o caçador de recompensas Marquis Warren (Samuel L. Jackson), que está de olho em outro tesouro, e o xerife Chris Mannix (Walton Goggins), prestes a ser empossado em sua cidade. Como as condições climáticas pioram, eles buscam abrigo no Armazém da Minnie, onde quatro outros desconhecidos estão abrigados. Aos poucos, os oito viajantes no local começam a descobrir os segredos sangrentos uns dos outros, levando a um inevitável confronto entre eles."
Fonte


BoJack Horseman (22/07/2016)
Terceira temporada
"BoJack (Will Arnett) é um decadente cavalo que trabalha na TV. Uma estrela já esquecida de um seriado da década de 1990 chamado Horsin' Around, ele disfarça sua baixa auto-estima com uísque e relações fracassadas. Com a ajuda de Todd (Aaron Paul), seu parceiro humano, e a ex-amante Princesa Caroline (Amy Sedaris), ele quer deixar novamente a sua marca no mundo do entretenimento."
Fonte

Agora eu quero saber: qual estreia vocês estão aguardando? O que pretendem assistir durante as férias? Me contem tudo nos comentários!
Mia Fernandes

namore alguém que...


Queira saber como foi o seu dia;
Tem coisa pior do que parceiro que não está nem aí para o seu dia? O parceiro ideal é aquele que sempre lembra de perguntar como foi o seu dia antes de sair despejando cada detalhe (geralmente não requisitado) do dia dele.
Te faça rir até mesmo naqueles momentos em que não deveria;
Não dá pra viver sem senso de humor, não é? Namore alguém que consiga arrancar um sorriso seu mesmo após um dia complicado.
Assista seus filmes favoritos com você (mesmo que secretamente não goste deles);
Só é amor quando elx assiste Meninas Malvadas com você.
Te encoraje a viver seus sonhos; 
E nunca coloque nenhum empecilho para que você os possa viver.
Saiba apreciar seu silêncio;
Namore alguém que saiba respeitar os momentos em que você precisa de silêncio e introspecção. Estar junto é fácil, complicado mesmo é saber quando não é preciso estar.
Pense em você sempre que ouvir uma música romântica;
Muito brega, mas quem aí não ama ter ~música tema do relacionamento~?
Te abrace forte antes de dormir e te encha de beijos ao acordar;
Pior coisa é aquela pessoa que deita ao seu lado e finge que você nem está lá. Por um mundo com mais carinhos antes de dormir e ao acordar.
Nunca duvide do seu potencial;
Ou seja: namore alguém que nunca, em nenhuma hipótese, de jeito nenhum, te diga que você não é boa suficiente para algo.
Goste de ficar sem fazer nada com você;
Por mais que você curta sair, existe aquela hora em que não existe nada melhor do que ficar jogada no sofá, não é? Que o seu mozão curta esses momentos com você.
Visualize e responda as suas mensagens;
Sonhar não custa nada, né?
Ame seu corpo do jeito que ele é;
E que não fique ressaltando seus defeitos ou repita sem parar o quanto você precisa emagrecer/engordar um pouco.
Prepare sua comida favorita no dia do seu aniversário (ou conheça um delivery ótimo que a entregue); 
Nem preciso dizer que o seu par ideal sabe exatamente qual é seu prato favorito, né?
Entenda que o amor não é para completar e sim para acrescentar;
Quem procura um amor para "se completar" nunca estará satisfeito. Nós somos seres individuais e um relacionamento de verdade só nos acrescenta coisas!
Não subestime sua inteligência;
Por um mozão que não nos deixe fazer papel de trouxa.
Não se incomode com o seu sucesso;
Tem muita gente que se incomoda com o sucesso alheio. Não sei enfatizar o quanto isso é importante: seu namoradx não pode ser uma dessas pessoas. Elx tem que comemorar cada uma das suas vitórias e querer que você cresça mais.
Faça com que você se sinta confortável quando estão na companhia dos amigos delx;
Ou seja: elx precisa fazer com que você participe da conversa e não se sinta uma intrusa naquele meio.
Dê risada de todas as suas piadas sem graça;
Afinal de contas, alguém nesse universo precisa achar graça nas suas piadas do nível tiozão em festa de Natal da família.
Nunca te force a fazer nada que você não tenha vontade;
Se eu pudesse, tatuaria essa frase na minha testa, imprimiria em meu currículo e tudo mais. Alguém que te ama NUNCA vai forçar a barra.
Queira sua felicidade.
Por fim, desejo que seu amor queira sua felicidade acima de tudo. Um relacionamento só é saudável quando ambos os lados trabalham pela realização individual e conjunta.

Agora eu quero saber: o que vocês buscam em um parceirx perfeito? Me contem tudo nos comentários!
Mia Fernandes

wishlist: pop! funko

Eu sempre fui o tipo de pessoa que babava nos colecionáveis dos meus amigos e nunca tinha coragem de desembolsar o dinheiro para iniciar minha própria coleção. Nem preciso dizer que tudo isso mudou no momento em que conheci a linha Pop! Funko e me apaixonei perdidamente.
Além do precinho que é beeeem mais em conta que os de outras action figures, o design é lindo e deixa qualquer prateleira ainda mais fofa!

Recentemente, comprei o Finn e o Poe Dameron de Star Wars e minha wishlist de Funkos não para de crescer. Olha aí quais serão minhas próximas aquisições:

1. Piper Chapman // Orange is the New Black // L3 Store // R$ 99,90
2. Elsa Coroação // Frozen // Loja Mundo Geek // R$ 149,90
3. Ron Weasley (Baile) // Harry Potter // Loja Mundo Geek // R$ 149,90
4. Jaime Lannister // Game of Thrones // Kino Toys // R$ 89,95
5. Nojinho // Divertida Mente // Kino Toys // R$ 92,95
6. C-3PO // Star Wars // Nerdstore // R$ 95,00

Agora eu quero saber: Vocês tem algum colecionável? Quais Funkos estão faltando na minha wishlist? Me contem tudo nos comentários!
Mia Fernandes