-

inspiração: fantasias de carnaval

Quem aí está animada para o Carnaval? Uma das minhas partes favoritas desse feriado é poder andar por aí fantasiada e não receber nenhum olhar torto de ninguém.
Se você ainda não decidiu qual será seu alter ego na avenida? Não tem problema! Fiz um apanhado com as fantasias mais bacanas e criativas!

Escolha a sua favorita e caia na folia no maior estilo!
Olha só:
Agora eu quero saber: Quais são seus planos para o Carnaval? Me conte tudo nos comentários!

Créditos: Buzzfeed, Brit + Co, Costume Works, Studio DIY, The Joy of Fashion, Gina Michele, Ideastand, American Appareal, BrassIvyDesign, NastyGal e Pop Sugar.
Mia Fernandes

momento de gratidão #2


Você sabia que demonstrar gratidão tem efeitos incríveis no seu cérebro? Ser grata diminui o risco de depressão grave, reduz emoções tóxicas (como inveja, ressentimento e arrependimento), melhora sua autoestima, minimiza a agressividade, aumenta sua empatia e muito mais! 

Desde que iniciei esse processo de sentar e escrever motivos de gratidão, meu humor deu uma guinada impressionante. Eu me sinto mais leve e conectada com o ambiente que me cerca. Meu trabalho está fluindo muito melhor e estou aprendendo a viver mais no momento (sem preocupações ilusórias de um futuro que ainda nem chegou).

Eu sou grata por...

Nachos deliciosos!
Ontem, eu preparei os nachos mais deliciosos que já comi em minha vida. Fico muito feliz quando uma receita fica ainda mais saborosa do que eu esperava.

Comprar o livro da Gala Darling na pré-venda
E para completar, ganhei acesso ao curso "Radical Self Love Bible School" e ao "31 days of radical self love letters". 

☀  Vida e carreira do Alan Rickman
Fiquei muito devastada com a notícia do falecimento desse grande ator. Mas tal como fiz com o David Bowie, tentei focar minhas energias em seu talento e nos filmes maravilhosos com os quais ele nos presenteou.

☀  Meditação
Estou meditando diariamente e consegui alcançar uma quietitude mental que sempre me custou muito. Poder acalmar minha mente, fez com que eu pudesse ver o mundo com mais clareza.

TED Talks



Maratonas de Brooklyn Nine Nine
Eu amo esse seriado e estou tão feliz que ele chegou ao Netflix! Não importa o quão ruim meu dia esteja, assistir um episódio de B99 consegue arrancar um sorriso de mim.

Comida japonesa
Poder ter os meus pratos favoritos entregues na porta da minha casa é algo que me deixa infinitamente grata.

Levar o Ringo para passear no Parque
Em primeiro lugar, preciso agradecer por ter uma amiga tão maravilhosa que me convida para ir ao parque e me deixa levar o Ringo. Vê-lo tão feliz, interagindo com outros cachorros e cheirando a natureza, me deixou muito contente.
Sinto que de alguma forma pude retribuir toda a felicidade que ele me proporciona diariamente.

Agora é a sua vez: me conte seus motivos de gratidão nos comentários!

Arte: Placebo Effect & Judith Chamizo
Mia Fernandes

música: 25


Eu amo a Adele. Aparentemente, não somente eu como todo mundo que conheço, seus vizinhos e até mesmo animais de estimação. 

As letras de uma das minhas cantoras favoritas podem ser encontradas em atualizações de status de Facebook, indiretas no Twitter, estourando nas caixas de som de alguns carros e embalando muitos relacionamentos – e milhares de términos.

E eu adoro tudo isso pelo simples fato de que ela merece ser reconhecida pelo seu talento sobrenatural como cantora e compositora. 
Se as pessoas já vivenciaram a tristeza de algumas canções ou amaram tão intensamente como ela parece ter amado, sinceramente, não me importa. O que importa é que as pessoas estão ouvindo música boa e tornando-a popular. 
Quero viver em um mundo em que se é comum admirar o talento de alguém como Adele, deixando todos os estereótipos de lado e acoplando a música boa às suas vidas.

Um dos meus passatempos favoritos é buscar covers das canções da Adele. Ver o sentimento que outras pessoas colocam em suas interpretações, os talentos que de fato foram tocados pela dádiva que essa senhorita vem proporcionando à música...Acho que esse deve ser o melhor momento para qualquer artista – missão cumprida.

Para comemorar essa obra de arte que é o 25, resolvi compartilhar com vocês algumas versões bacanas que encontrei das músicas do CD no YouTube. Olha só:

01. Hello - Taps


02. Send My Love (To Your New Lover) - Sofia Karlberg


03. I Miss You - Kodi James


04. When We Were Young - Madilyn Bailey & KHS


05. Remedy - Track45


06. Water Under The Bridge - Against the Current


07. River Lea - Catrin Hopkins


08. Love in the Dark - Allison Marshall


09. Million Years Ago - JFlaMusic


10. All I Ask - John Saga


11. Sweetest Devotion - Sola Oludare

E aí, o que vocês acharam? Tentei escolher uma galera de vários estilos e acho que eles fizeram jus ao 25. Agora eu quero saber: qual o seu cover favorito? Conhece algum outro cover bacana da Adele? Compartilhe comigo nos comentários!
Mia Fernandes

um manifesto do amor próprio



Enquanto eu procrastinava livremente pelo Tumblr, encontrei um post curioso e que em suma continha a seguinte mensagem: Reblogue se você está desconfortável e não gosta de sua aparência.
Uma simples frase e até onde pude acompanhar, mais de 70 mil notas (o que significa que esse número de pessoas replicaram tal frase em seus Tumblrs ou ao menos clicaram em Like).

Isso me entristece e ao mesmo tempo me assusta.
Sei que tal website representa uma micro-fração do real número de adolescentes/jovens adultos que estão infelizes com a própria imagem e estão propensos a sérios problemas de aceitação, portanto, sinto que mais uma vez preciso retomar tal assunto em meu blog pessoal.

Eu nunca me encaixei nos padrões de beleza que nossa sociedade apresenta. 
Sou a mistura de muitas raças. Meus traços não são nórdicos, perfeitos ou remetem à beleza de uma modelo da Victoria’s Secret. 

E assim como muito de vocês, eu já me odiei muito. Não gostava da aparência do meu rosto (muito redondo), do meu corpo (quadris largos), das minhas pernas (grossas demais para uma bailarina), meu nariz (batatinha) e a lista segue por linhas e muitas linhas.
Sofri muitíssimo com bullying pela minha aparência. Deixei de usar saia por muito tempo, só por um comentário infeliz que um garoto (muito mais velho) fez a respeito das minhas pernas aos 8 anos de idade.
Tudo isso me machucou mais do que posso expressar com palavras.

Praticamente só consegui me livrar dessas amarras da aparência lá pelos 20 anos de idade. Quando entrei na idade adulta, descobri que era muito mais bonita e bem mais atraente do que algumas poucas pessoas me fizeram acreditar.
Mas até o momento em que completei tal idade, foram muitos remédios, dietas malucas e outras tentativas completamente suicidas de perder peso a qualquer custo. 
Se de alguma forma, eu puder evitar que alguém passe pelo que passei, tenham certeza de que essa será minha prioridade. 

A probabilidade de que você fique parecido com a Angelina Jolie ou o Brad Pitt, sem passar por diversas modificações no seu exterior e interior são mínimas, portanto, por qual motivo não paramos de nos odiar tanto e começamos a nos aceitar mais?
Sabe aquele papo que uma pessoa confiante, bem humorada e confortável com sua própria aparência é mil vezes mais atraente do que um pobre coitado se matando de fome só para agradar a outra pessoa? É tudo verdade! Já estive nos dois lados da moeda e posso confirmar para vocês.

Celebrem suas diferenças! Tenha em mente que sua única obrigação na vida é manter um corpo saudável e resistente. Seu nariz, cabelo, quadril, pernas, estrutura óssea e muitas outras coisinhas mais, não estão no pacote.
Então, aproveite para se apaixonar por você novamente! E tal como a Lady Gaga brilhantemente nos ensinou: I'm beautiful in my way, 'cause God makes no mistakes, I'm on the right track, baby, I was born this way.

Arte: Rachele Cateyes.
Mia Fernandes

em busca do insight perfeito



Nós podemos dar um passo além. Podemos nos transformar em um agente causador de mudanças incríveis e excepcionais em nossas vidas. E é isso que quero ser diariamente a partir de já. Se você não se abre para as possibilidades, eventualmente será engolido por uma pilha de distrações, reclamações e chateações para as quais certamente você não estava destinado. Procure estar sempre cercado de pessoas incríveis e criativas, encontre um happy place para onde você possa escapar – mesmo que mentalmente – nas horas complicadas e encare a vida como uma oportunidade de revolução e transformação.

Resolvi compartilhar algumas dicas que me ajudam à lembrar diariamente da minha motivação:

1. Trace metas, tenha sonhos e ouse a cada dia.
Por muito tempo deixei de estabelecer metas por medo de não conseguir cumpri-las e não saber como lidar apropriadamente com o fracasso. Recentemente, descobri que ter uma meta é uma forma de autodisciplina e mesmo que você não a cumpra dentro do prazo estipulado, é importante nunca desistir. Sabe aquela máxima do Quem espera sempre alcança? É verdade! Mas quem age enquanto espera, alcança muito mais rápido.

2. Nem todos os dias serão alegres, produtivos ou significantes, porém, aprender a tirar motivação de cada momento é o essencial. 
Existem dias em que eu não quero tirar meu pijama e toda minha existência resume-se à escutar Céline Dion em um quarto escuro com um pote de Nutella em mãos. Porém, ultimamente venho tentando me esforçar a rastejar para fora da cama e viver o dia com o mínimo de dignidade que conseguir. Se algo não está bom, eu posso tentar mudar. Lembre-se de ser um agente causador de mudanças em sua vida. Encontre aquela motivação que dará uma guinada no seu dia.

3. Deixe o amor entrar.
Piegas? Sim! Necessário? Sempre! O amor vem em muitas formas, cores e pessoas. Aceite-o em sua vida de bom grado e não tenha medo de como ele se apresentar pra você. Ame seus familiares, amigos, animais de estimação, namorados, colegas de trabalho, desconhecidos, ídolos...enfim, deixe o amor fluir livremente em sua vida e de forma abundante. Não existe melhor forma de manter-se inspirado do que quando amamos alguém, não é?

4. Reserve um tempo para suas maluquices.
Uma das coisas que nos esquecemos ao nos tornarmos adultos, é reservar um tempo em nosso dia para fazermos aquilo que amamos – e que todos os outros adultos consideram maluquice.
Particularmente, faça sol ou faça chuva, preciso me trancar em meu quarto, apagar as luzes e dançar like nobody’s watching. Quando estou bem inspirada, gosto de cantar junto, acompanhar com palmas, assoviar...É meu pequeno momento de maluquice diário do qual eu nunca abrirei mão. Me faz encarar a vida de forma mais descontraída!

5. Encontre o insight perfeito.
Por definição, a palavra insight significa: “É discernimento, compreensão súbita, ou capacidade de sentir o âmago das coisas ou situações, uma iluminação, um estalo, o ato de ver na mente com clareza”.  Agora, cá entre nós, existe uma forma melhor de viver uma vida criativa e repleta de inspiração do que na busca constante de um insight que transforme suas ideias e ideais?

E aí, o que você faz para se manter inspirada? Me conte nos comentários!

Arte: Risa Rodil
Mia Fernandes