-

minhas youtubers favoritas

Olá, meninas!

Já faz certo tempo que venho amadurecendo essa ideia de compartilhar com vocês quem são as minhas YouTubers favoritas. Resolvi colocar a preguiça de lado e compilar uma lista com as americanas e brasileiras cujos canais são imperdíveis.

Olha só:

01. Grace Helbig
Resolvi começar pela Grace, já que ela é uma das minhas YouTubers favoritas. Creio que a característica mais marcante dela é o quanto ela não demonstra medo de fazer graça com a "própria desgraça". Em seu canal, ela constantemente aparece sem maquiagem, arrotando ou bebendo. Eu diria que o conteúdo é 90% comédia, mas ainda assim, ela constantemente nos dá um gostinho de como realmente é sua vida em Los Angeles, com sua buldogue francês (Goose), as melhores amigas (também YouTubers, Hannah Hart e Mamrie Hart) e o namorado (Chester See).


02. Ingrid Nilsen
Missglamorazzi é uma das gurus de beleza mais bem sucedidas do YouTube. Recentemente, o nome dela entrou em pauta com esse vídeo maravilhoso em que ela se assumiu homossexual para os mais de 3 milhões de inscritos em seu canal.
Além de ser extremamente corajosa, a Ingrid também é muito engraçada. Sabe quando você vê uma YouTuber de beleza e só consegue pensar o quanto os videos são inacessíveis e como você nunca será como ela? Pois é, a Ingrid passa exatamente o sentimento oposto.


03. Meghan Rienks
Outra YouTuber de beleza que merece destaque somente pelo quanto é engraçada, é a Meghan Rienks, Nem preciso discutir o quão bonita ela é, mas não se limite a isso: os vídeos dela são bem produzidos, ela tem um ótimo humor e a vida dela realmente é interessante.


04. Mari Santarem
Creio que a Mari foi a primeira YouTubers brasileira que comecei a seguir. Eu a encontrei de uma maneira muito peculiar: o Eduardo Spohr mencionou que ela havia comentado sobre o seu primeiro livro (A Batalha do Apocalipse) e como fã dele, fui conferir o vídeo. Fiquei encantada com o conteúdo que a Mari produzia: tinha um pouquinho de moda, um bocado sobre beleza e também muita coisa sobre cultura pop em geral.


05. Jout Jout
Nessa altura do campeonato, acredito que todo mundo já conhece e assistiu ao menos um vídeo da Jout Jout e quer ser BFF dela também. Enquanto lá fora, podemos encontrar diversas YouTubers que se apoiam no humor para passar uma mensagem positiva e empoderada, aqui no Brasil ainda estava faltando alguém que conseguisse representar bem esse lado. Imagina só a minha felicidade ao encontrar os vídeos da Jout Jout? Se você faz parte do 1% da população que não a conhece, vá conferir o canal dela djá!


06. Pâm Gonçalves
Para finalizar, resolvi incluir uma Booktuber, já que boa parte das minhas inscrições são de canais desse tipo. A Pâm é (era?) a blogueira por trás do Garota It, um dos meus lugares favoritos para encontrar boas recomendações de YA. O canal dela tem a mesma vibe do blog e é para onde vou antes de fazer compras de novos livros.

Essas são as minhas YouTubers favoritas. Você conhece alguma delas? Quem você acredita que eu deixei fora dessa lista? Compartilhe sua opinião nos comentários!
Mia Fernandes

cinco filmes que marcaram os anos 90


Eu tenho um sentimento muito peculiar ligado aos anos 90. Sem puxar sardinha para a década em que vivi toda minha infância, acho que tudo que está ligado com essa época tem uma atmosfera brega maravilhosa que aprecio muito.
É diferente dos anos 80, em que apesar de quase se enquadrar na mesma categoria, ainda pode ser considerado muito inovador. Nos anos 90 parece que alguém simplesmente decidiu:

- Chega de tentar, né? Vamos abraçar esse lado cafona e na próxima década a gente vê o que faz...

Para quem não teve a oportunidade de viver essa vibe maravilhosa, é possível sentir o zeitgeist através das obras cinematográficas que traduzem tão bem como foi ser uma “90’s kid”.
Pensando nisso, aproveitei pra selecionar cinco filmes, feitos e ambientados nos maravilhosos anos 90 para vocês curtirem nesse final de semana. Olha só:



01. As Patricinhas de Beverly Hills (1995)

Em Beverly Hills, a adolescente Cher (Alicia Silverstone), filha de uma advogado (Dan Hedaya) muito rico, passa seu tempo em conversas fúteis e fazendo compras com amigas totalmente alienadas como ela. Mas a chegada do enteado de seu pai, Josh (Paul Rudd), muda tudo, primeiro por ele criticá-la de não tomar conhecimento com o "mundo real" e em segundo lugar por ela descobrir que está apaixonada por ele.


02. Pânico (1996)

Sidney Prescott (Neve Campbell) começa a desconfiar que a morte de dois estudantes está relacionada com o falecimento da sua mãe, há cerca de um ano. Enquanto isso, os jovens da pacata cidadezinha começam a receber ligações de um maníaco que faz perguntas sobre filmes de horror. Quem erra, morre. As perguntas seguem uma lógica que será desvendada numa grande festa escolar.

03. Os Batutinhas (1994)

Batatinha (Travis Tedford), Porky (Zachary Mabry) , Alfalfa (Bug Hall), Stymie (Kevin Jamal Woods) e outros meninos integram um grupo de garotos que simplesmente detesta garotas. Entretanto o clube se sente traído quando Alfafa se apaixona por Darla (Brittany Ashton Holmes) e os meninos começam a aprontar divertidas confusões para separar o novo casal.


04. 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você (1999)
A situação está tensa na casa dos Stratford. Bianca (Larisa Oleynik) não vê a hora de arranjar um namorado, mas seu pai (Larry Miller) não permite que ela saia com garotos. Após muita insistência, o pai toma uma resolução: Bianca pode namorar, desde que sua irmã, Katharina (Julia Stiles), namore também. Só que Katharina é uma verdadeira megera, que não tem amigos na escola nem em lugar algum. Para resolver a questão, Cameron (Joseph Gordon-Levitt), apaixonado por Bianca, resolve contratar o misterioso Patrick Verona (Heath Ledger) para seduzir a futura cunhada.


05. Jovens Bruxas (1996)
Uma jovem (Robin Tunney) se muda de São Francisco para Los Angeles para começar uma nova vida. Lá conhece três alunas do colégio onde estuda que se dedicam ao ocultismo e à magia (tanto que têm a fama de bruxas entre seus colegas). Quando as quatro fazem amizade e começam a praticar magia juntas, desencadeiam um poder que foge do controle, gerando trágicas conseqüências.

Agora eu quero saber: o que você lembra dos anos 90? Existe algum filme dessa década que marcou sua vida? Me conte tudo nos comentários!
Mia Fernandes

o guia da procrastinação inteligente


Por mais que eu bata na tecla da importância de ser produtiva, não serei hipócrita ao ponto de negar que sou uma forte adepta da procrastinação. Foram inúmeras as vezes em que posterguei alguma tarefa importante e passei horas entretida em qualquer atividade que sugou todas minhas horas úteis para dentro de um buraco negro.

Como toda boa procrastinadora, eu sempre me senti culpada por todo o trabalho que ignorei em prol de horas de “lazer sem sentido”. Entretanto,  alguns dias depois, eu estava novamente engajada nesse ciclo vicioso brilhantemente ilustrado, aqui:

Após um tempo, aprendei a aceitar que momentos assim sempre existirão. Não adianta negar e muito menos fugir da minha real natureza de mutante bicho preguiça/humana. Como a boa pessoa metódica que sou, resolvi aperfeiçoar essa técnica milenar do “deixar pra depois”.

Sim, agora eu me considero uma profissional da procrastinação e estou aqui para dividir os meus segredos. Hoje nós iremos aprender como:

✓ Evitar as responsabilidades;
✓ Diminuir sua culpa;
✓ Encontrar produtividade até mesmo nos momentos de procrastinação.

O primeiro passo é encarar a realidade: seja lá qual for a sua responsabilidade, você a evitará. Sem grilos e sem desculpas. Pare de se torturar no processo de só vou fazer mais essa coisinha e aí darei atenção para o que é sério.
Eu sei que isso é uma mentira. Você sabe que isso é uma mentira. Pare de mentir para você!
É possível deixar essa tarefa para outro momento? Então, simplesmente deixe e pare de encontrar desculpas mirabolantes para postergar.

Eu sei que lidar com a culpa de não fazer nada é excruciante, mas é aí que entra o meu plano infalível. Primeiro, faça uma lista destacando as atividades que você precisa fazer durante o dia.
Para melhor visualização, separe o que é prioridade do que não é. Use a minha listinha como exemplo:




Agora é a hora de encarar a realidade: por maior que seja a lista de suas responsabilidades, você realmente acha que pode deixar tudo isso para outra hora? Ótimo! Então, seja bem-vinda à incrível ilha da procrastinação!

Mas ao invés de focar nessa extensa lista de afazeres, você talvez possa começar por tudo aquilo que não é tão urgente. Faça as unhas! Vá terminar de ler seu livro! Preencha esse tempo com alguma atividade mais atraente do que ficar sentada pensando em tudo o que você não está fazendo. 

Para te ajudar, fiz uma lista de coisas relativamente produtivas para ocupar sua mente durante as horas de preguiça:
  Terminar de assistir a temporada do seu seriado favorito.
  Desembaraçar o pelo do seu cachorro/gato.
  Separar a roupa suja da roupa limpa.
  Colorir todos aqueles livros com mandalas, flores e florestas que você comprou e ainda não começou.
  Organize seus livros por ordem alfabética, autores ou cores.
  Comece um diário e escreva sobre os seus sentimentos.
  Assista os vídeos antigos do seu YouTuber favorito.
  Após anos de erro e tentativa, aprenda a coreografia inteira de Single Ladies/Show das Poderosas.

Porém, por mais que você ignore as tarefas importantes, elas simplesmente não vão desaparecer. Evitar responsabilidades é uma das disciplinas que você adquire na adolescência e aperfeiçoa na vida adulta. Entretanto, não se esqueça: 90% da sua lista de tarefas é constituída por itens que somente você poderá fazer. Não espere nenhum milagre divino!

Para encerrar o post, selecionei algumas dicas para quando a preguiça passar e o desespero bater. Ser responsável não precisa ser tão assustador quanto parece. Olha só: 

1. Respeite os prazos
Você tem um trabalho escolar para fazer? Não conte com o bom humor do seu professor para prolongar o prazo de entrega. Se a data limite é segunda-feira, respeite isso. Se for preciso, vire a madrugada e sobreviva de energéticos no dia seguinte.

2. Será que é preciso postergar a tarefa?
Ao invés de deixar o seu dever para o outro dia, tente distrair a cabeça e retome a atividade em um horário diferente. Muitas vezes, tudo o que precisamos para encontrar "inspiração" é buscá-la em outro lugar.

3. Faça aos poucos
Ao menos que você já esteja em cima do seu prazo, uma ótima ideia é tentar fracionar seus afazeres de modo que não se sinta sobrecarregada. É muito melhor fazer "uma linha" por dia do que simplesmente ignorar tudo e esperar que a tarefa se autocomplete.

4. Conheça os seus horários produtivos
Geralmente, sou incrivelmente produtiva na parte da manhã. Após o almoço, não existe responsabilidade que me fará terminar algo e isso é um fato. Gosto de resolver tudo que é mais importante pela manhã e deixar coisas mais simples para serem resolvidas durante o restante do dia.

Agora, eu quero saber: você é procrastinadora? Como você faz para lidar com a culpa do "deixa pra depois"? Me conte tudo nos comentários!

Mia Fernandes

+50 ideias para posts


Olá, meninas!

Hoje é dia da continuação de um dos maiores sucessos do Conversas Imaginárias! Compilei uma nova lista com mais +50 ideias para posts. Esse é um post para os momentos em que a criatividade simplesmente não vem e você precisa de uma ajudinha para criar coisas novas. 

Vamos ao que interessa?

1. Em qual década você gostaria de ter nascido? Fale um pouco sobre como eram as coisas naquela época!
2. Qual foi a experiência mais difícil da sua vida? Qual foi a lição que você aprendeu?
3. Existe algo que você já gostou muito no passado, mas hoje tem um pouquinho de vergonha em admitir? Faça uma lista das bandas, filmes, roupas e outras coisas que marcaram sua vida!
4. Você gosta de algum artista, porém, o considera "problemático"? Fale um pouco sobre esse conflito!
5. Quais são suas atividades favoritas para o inverno/verão/outono/primavera? Dê dicas do que fazer em cada estação do ano!
6. Qual foi o encontro amoroso mais estranho que você já teve? Escreva sobre a situação!
7. Quais são as tendências da moda que você gostaria que voltassem? Mostre para os seus leitores!
8. Se você pudesse dar apenas um conselho para uma blogueira iniciante, qual seria?
9. Qual é o seu maior truque de beleza? Compartilhe suas dicas!
10. Faça uma compilação dos comentários mais esquisitos que você já recebeu,
11. Você tem um espaço favorito em sua casa? Tire fotos e fale um pouco do que torna esse cantinho tão especial.
12. Como você planeja os posts do seu blog? Mostre esse processo.
13. Como seria o casamento do seus sonhos? Escolha uma paleta de cores, roupas, bolo, cenário e etc...
14. Quais são seus segredos para aproveitar uma viagem ao máximo? O que você acha que toda pessoa precisa saber antes de viajar para um lugar novo?
15. Se você pudesse escutar apenas cinco músicas pelo restante da sua vida, quais seriam as escolhidas?
16. Você gostaria de pedir desculpas para alguém? Escreva uma carta pública para essa pessoa e expresse seus sentimentos.
17. Você já mudou de casa/apartamento? Compartilhe as dicas para uma mudança tranquila!
18. Procure os filmes com as piores notas em sites como o IMDB e faça uma maratona. Não esqueça de escrever uma resenha para cada um deles! 
19. Quais são as vantagens de ser solteira? Como seus leitores que não namoram podem aproveitar essa fase ao máximo?
20. Quais são os livros que você levaria para uma ilha deserta? Fale um pouco sobre a história deles!
21. Você gosta de ler frases motivacionais? Compartilhe as melhores com seus leitores!
22. Qual é o seu conselho para os leitores que ainda não encontraram sua carreira/caminho? Dê dicas, compartilhe suas experiências ou faça um textão refletindo sobre essa fase.
23. Dê conselhos/dicas para quem tem medo de andar de avião!
24. Faça uma lista das coisas que você gostaria de ter aproveitado mais em sua adolescência/juventude.
25. Você gosta de covers? Faça uma lista com todas as versões de sua música favorita.
26. Passe uma semana comendo todos os seus pratos favoritos. Documente a experiência: tire fotos da comida, anote seu peso, seu humor e qual é a escala de gostosura de cada uma.
27. Você já manteve uma amizade a distância? Quais são suas dicas para manter essa relação?
28. Tire uma foto representando cada hora do seu dia. Escreva sobre "um dia na sua vida"!
29. Como você controla suas finanças? Você tem alguma planilha especial para seus gastos? Compartilhe suas dicas para
30. Você se exercita de manhã/tarde/noite? Quais são os benefícios de praticar exercícios durante esse período do dia?
31. O que você faz para relaxar antes de dormir? Você tem uma rotina que precisa seguir?
32. Onde você procura os wallpapers para seu computador/celular? Compartilhe os links!
33. Existe algum ícone de moda/beleza de outra época que você admira? Conte um pouco sobre a história dele e como ele influencia o seu estilo.
34. Compre alguns produtos de beleza que você nunca usou antes. Documente suas experiências com eles! Quais foram as vantagens e as desvantagens? Você os compraria novamente?
35. Como foi seu primeiro dia em seu primeiro emprego? O que mudou de lá pra cá? Quais foram os momentos mais memoráveis que você viveu por lá?
36. Quais foram as lições que você tirou do seu filme/livro/seriado favorito?
37. Escolha um assunto em voga no momento. Qual é seu ponto de vista sobre esse tópico?
38. Faça um intercâmbio com algum outro blog. Deixe que o blogueiro assuma o comando do seu por uma semana e faça o mesmo com o dele!
39. Assista novamente ao seu filme favorito da infância. O que mudou para você?
40. Você já viajou sozinha? Conte o que você aprendeu ao viver essa experiência.
41. Como você lida com a exposição da sua vida pessoal no blog? O que você não compartilha de jeito nenhum? Quais são suas dicas para manter a privacidade online?
42. Quais são suas lojas virtuais favoritas? Como é o processo de entrega + frete? Quais são as opções de pagamento? O que você comprou de legal lá?
43. Tente se livrar de um mau hábito durante uma semana. Escreva sobre as mudanças em sua vida.
44. Quais são seus conselhos para quem está começando a faculdade? Quais ciladas seus leitores devem evitar na vida de universitário?
45. Você já foi estagiária? Quais são suas dicas para quem está começando na carreira? Quais são suas dicas para ser efetivado?
46. Qual foi o melhor livro que você leu na época da escola? Divida a sinopse e os pontos altos com os seus leitores.
47. Existe alguma loja bacana na sua vizinhança? Converse com eles e pergunte se é OK mostrar os produtos/ambiente no seu blog!
48. Sua família tem alguma história estranha/engraçada? Compartilhe com seus leitores. Se possível, ilustre o post com fotos.
49. Você tem uma foto sua de cinco anos atrás? Mostre e conte como sua vida mudou nos últimos anos. Quem você conheceu? Quantos empregos teve? Quantas vezes mudou de casa?
50. Se você é fã de fantasia, faça uma lista dos seus mundos fictícios favoritos. Onde você gostaria de viver?

E aí, o que vocês acharam da lista? Espero que se sintam inspiradas a criar novos posts para o seu blog. Não esqueça de compartilhar comigo se usarem alguma ideia dessa lista! =)
Mia Fernandes

as blogueiras:mulher vitrola



É sempre incrível quando temos a chance de conversar com pessoas que nós admiramos. A Renata – também conhecida como Mulher Vitrola – é uma dessas blogueiras old school, cujo trabalho sempre admirei e acompanhei. Nem preciso dizer a minha felicidade quando ela topou ceder essa entrevista para o blog, né?
Vem ler como foi o nosso bate papo sobre a vida de gateira, ilustradora e blogueira!

1. Re, como é o combo ser blogueira + ilustradora + gateira? Como você se divide entre tantas tarefas?

Eu adoraria dizer que dou conta de tudo com maestria, mas não dou. Às vezes é muito corrido, às vezes tranquilo até demais. Confesso que ainda estou em fase de aprender a administrar minhas tarefas da melhor maneira possível. Tenho lido bastante sobre, feito alguns cursos online... o que tem me ajudado bastante é fazer uma lista das coisas que preciso fazer, e espalhar post-its para não esquecer de nada.

2. Qual foi a experiência mais gratificante que você já vivenciou como mãe? 

Mãe é um ser que vê magia nos pequenos detalhes, inclusive depois de momentos difíceis... acho que sentir o amor deles, acima de tudo, é algo que eu classifico como experiência mais surreal e gratificante de todas.




3. E como blogueira, qual é o seu maior orgulho? 

Acho que ter persistido por tanto tempo. São mais de 10 anos blogando, conheço muita gente, da mesma época ou até um pouco depois que desistiu... mas eu amo blogar, faço com maior prazer mesmo.

4. Você já sofreu de bloqueio criativo? O que você faz quando a inspiração não vem?

Sempre. Eu simplesmente relaxo, continuo fazendo minhas atividades de sempre, que uma hora ela vem. Acho que quanto maior desespero se tem, menos ideias surgem. Também costumo sair anotando tudo quanto tô na fase de maior inspiração, mesmo que pareça uma ideia não muito interessante.


5. Para finalizar, vamos falar do futuro: Você consegue imaginar como será sua vida daqui 5 anos? Quais planos você pretende realizar até lá?  

Eu sou bem "aqui agora", mas espero estar blogando ainda daqui a 5 anos, hehe. E ganhando um pouco mais de dinheiro com meu trabalho, pois essa vida de freela não tá mole não... rs.







Encontre a Renata:
Mulher Vitrola
@mulhervitrola
E aí, o que acharam do bate papo com a Renata? Deixem seus comentários e não esqueçam de visitar o blog dela também!
Mia Fernandes

aponta pra fé e rema (metas de julho)


Olá, meninas!

O #JunhoMaravilha teve seus pontos altos e baixos. Creio que a parte que preciso destacar é que certamente nunca postei tanto em toda minha vida. É óbvio que rolaram alguns dias em que precisei de tempo para me dedicar ao trabalho/vida pessoal e isso justifica a ausência de posts diários.

O ponto baixo é que enfrentei pequenas turbulências em minha vida pessoal. Dúvidas que acreditei estarem solucionadas há um tempo, voltaram para a superfície e com muito mais força do que anteriormente. Em conclusão, precisei sumir um pouquinho no final de Junho para organizar a vida, separar tudo que já não prestava e reciclar as ideias para começar Julho com o pé direito!

A boa notícia é que os resultados de tais sacrifícios estão começando a aparecer. Larguei a preguiça de lado e comecei uma rotina de exercícios na academia (tu-do me dói nesse exato momento). Também parei com a procrastinação eterna e marquei consulta em todos os médicos que estava evitando na última década (spoiler: uma consulta no otorrinolaringologista não é tão de boinha quanto eu julgava ser).

Entre as metas que ainda estão no papel, preciso destacar uma mudança de foco aqui no blog. Ainda não entrarei em detalhes específicos, mas já posso adiantar que passei os últimos dias fazendo muita pesquisa e refletindo sobre o futuro do Conversas Imaginárias. No domingo, acredito ter alcançado alguma epifania e fiz um plano editorial para o blog.

Nos próximos meses, vocês podem esperar mais novidades e mudanças muito positivas no estilo do blog!

Pra encerrar essa pequena reflexão de início de mês, acredito que Julho será um mês em que poderei realizar uma vontade que coloquei de lado por diversos motivos: finalmente, poderei focar em mim, no meu trabalho e em minha evolução pessoal.

Darei férias para alguns problemas que consumiram meus últimos meses e colocarei força total em mim. Está na hora de me importar com alguém que realmente merece a minha atenção: euzinha.
Agora, eu quero que você me conte: quais são suas expectativas para o mês de Julho? Para o que você pretende dar mais atenção nesse mês? Compartilhe suas metas nos comentários!
Mia Fernandes