-

música: 1989


Olá, meninas!

Ultimamente, não consigo parar de ouvir todas as faixas do 1989, último álbum da linda Taylor Swift. Como já é de costume, fui atrás dos melhores covers que encontrei no YouTube e agora é hora de compartilhá-los com vocês.

Então, afastem os móveis e vamos dançar ao som de um dos melhores lançamentos de 2014:

Welcome To New York- Mikey Wax


Blank Space -  Caitlin Hart ft. PopGun 


Style - Justin Bryte 


Out Of The Woods -Haley Klinkhammer


All You Had To Do Was Stay - Maddie Wilson 


Shake It Off -Tanner Patrick feat. Rajiv Dhall 


I Wish You Would - Classica


Bad Blood - Davina Leone  


Wildest Dreams - Drew Tabor


How You Get The Girl - Lauren Bonnell


This Love - Melanie Ungar 



I Know Places Taylor Swift - Jemma Johnson


Clean - Hayley Solano


E aí, o que acharam dos covers que escolhi? Qual é seu favorito? Me conte tudo nos comentários!
Mia Fernandes

dicas: como ser criativo


Olá, meninas!

Desde pequena, sempre tive certa predileção pelos mundos imaginários que criava em minha cabeça. Com o passar dos anos, os mundos se concretizavam em ideias inovadoras e no momento em que precisei escolher uma “profissão” só sabia que queria continuar trabalhando com criatividade pelo resto dos meus dias.

Mas será que é fácil assim? É só acordar e colocar a mão na massa? Será que nunca haveria um dia em que meu cérebro se recusaria a produzir?

Por mais criativa que sua mente seja, ainda existirá um momento em que nada funcionará como você espera. O prazo para a entrega de um projeto se aproxima e tudo conspira contra sua produtividade: o tempo cinza, ideias repetidas, um chefe que não te estimula, falta de confiança no que está fazendo...
Como lidar com tanta pressão e ainda manter a cabeça “fresca” e aberta para criar?

Separei algumas dicas que sempre me ajudam quando estou travando uma “batalha criativa”. Olha só: 

O importante é tentar
Eis um segredo que nenhum criativo quer admitir: 60% do que produzimos nunca verá a luz do dia, pelo puro e simples fato de que é um lixo total. Mas sabe qual é a importância deste material? É que você manteve sua mente ativa, mesmo sabendo que não estava em seu ápice de desempenho.
Mesmo quando não estou “no clima” me obrigo a escrever para não perder o hábito. Já reparou que quando deixamos alguma atividade de lado por certo tempo, quando voltamos, tudo parece um pouco mais complicado?
O importante é não deixar de lado. Tente. Erre. Jogue fora se preciso. Mas nunca deixe de criar coisas novas!

Esteja preparada
Imagine a situação: você está no trem, voltando para a casa e ouvindo música em seu celular. Eis que entre uma estação e outra, uma ideia louca surge em sua cabeça. Você começa a brincar com ela e desenvolvê-la em sua mente. O que você faria a seguir?
a)    Esperaria chegar em casa e passaria para o papel.
b)    Manteria a ideia em sua mente para o momento em que ela estiver madura para ser concretizada.
c)    Abriria sua bolsa, pegaria seu caderno e começaria a esboçá-la em um papel.
Para tal dilema, a resposta sempre deve ser a letra C. Não espere para depois para registrar qualquer ideia bacana que passar pela sua mente. Levar um caderninho por aí, pode te ajudar muito. O momento em que criamos é único e muitas vezes é complicado de ser “recriado”.  

Busque inspiração
Todo criativo tem uma lista de sites, livros, palestras, podcasts, atividades e etc, que busca sempre que precisa acender a lâmpada no cérebro. Procurar o trabalho de outras pessoas e identificar novas tendências é muito importante nesta linha de trabalho!
Crie uma categoria em seus “Favoritos” só para pessoas que despertam seu melhor lado criativo.

 Busque as críticas
Precisamos concordar que nem todos sabem como criticar de forma construtiva um trabalho, mas sempre existe alguém que parece entender seu processo criativo, não é? Mostre no que está trabalhando para esta pessoa e preste muita atenção nos toques que ela lhe dará. Muitas vezes ficamos tão envolvidos com algo, que não somos mais capazes de apontar erros óbvios. Um olhar de fora é essencial para um trabalho bem feito em todas as áreas.

 Não tenha medo de errar
Vamos aceitar que dói menos, né? Inevitavelmente, em algum momento desta vida louca, nós erraremos e será rude e feio.
Mas aceite o erro. Não perca noites de sono tentando entender em qual momento sua ideia genial virou isso. Coisas melhores viram. Se você perder seu tempo pensando no que poderia ter feito certo, nunca terá espaço para que as coisas novas e incríveis aconteçam.
Erre. Apague. Comece de novo.

Agora é minha vez de perguntar: como vocês se mantêm criativas? Me contem tudinho nos comentários, meninas!
Mia Fernandes