-

blogagem coletiva: coisas que todo mundo ama e eu odeio

Bitch, please!

Por muito tempo, tive a mais firme ideia de que a felicidade englobava aceitação social. Como verdadeira outcast da vida, sempre acreditei que a fórmula mágica para me enturmar em qualquer lugar era me vestir como os outros, ler os mesmos livros, ter os mesmos gostos e cantarolar as mesmas músicas.

Por tal motivo, minha personalidade sempre mudou de acordo com o grupinho/namorado do momento. Eram mudanças tão sutis que eu nem ao menos percebia. Me adaptava camaleonicamente e me tornava um espelho do que os outros eram. No final, isto só serviu para uma coisa: chegar aos 20 e poucos anos sem ter a mínima noção de quem eu realmente era. Do que eu gostava? O que eu odiava? O que fazia por prazer? O que fazia só para agradar os outros?

O tema da blogagem coletiva do Rotaroots em Maio é: "Coisas que todo mundo ama e eu odeio". Quando li a sugestão, logo desanimei e pensei: mas eu não odeio nada.

Após ler alguns posts e ter um pequeno monólogo interno, percebi que havia uma longa e extensa lista de coisas que odiava. Coisas que desprezava e fingia gostar só pra agradar. Este post será uma libertação. Um manifesto do meu novo eu, aquela que pensa por conta própria e não se importa com a opinião alheia.

Bora odiar algumas coisas?
Pizza. Mas toda vez que digo isso, as pessoas me olham como se eu fosse alienígena e eu me sentia na obrigação de acrescentar: eu até como se todo mundo quiser. Desculpa aí, galera, não vejo nadica de gostoso em pizza. Talvez a bordinha recheada com catupiri (mas é só por curtir catupiri de qualquer jeito e em qualquer coisa). 
Facebook. Sei que sou analista de mídias sociais e tenho a obrigação moral de curtir o meu meio de trabalho. Mas não gosto. Curto acompanhar algumas páginas, mas evito 80% dos posts no meu feed de notícias. Quando estou fora do horário de trabalho, nem me dou ao trabalho de acessar esta rede social. Conto os dias para uma possível ascensão do Google+
Lugares lotados. Sabe por qual motivo não vou em 90% dos shows que quero ir? Pela lotação. O trauma de ficar aproximadamente 06 horas sem dobrar a perna no show do Radiohead me traumatizou. 
Experimentar roupa. Não sou muito fã de me despir e me vestir aproximadamente 80 vezes em um espaço de 2 minutos. Tenho dois lemas muito simples: se ficar grande, vou ajustar e se ficar pequeno, um dia emagrecerei e caberá. 
"Depois eu te conto!" Quer me ver definhar e morrer lentamente? É só me falar esta frase mágica. Como a boa ansiosa que sou, meu estômago já se fecha na hora e imediatamente começo a revisar todas as nossas últimas interações para descobrir o que fiz de errado. Se não pode me contar naquele momento, não tem necessidade de dar um spoiler pra minha ansiedade, né? Fica a dica! 
Churrasco/Churrascaria Se eu fosse uma super heroína, com certeza  meu codinome seria: "Prejuízo no Rodízio". Gostaria de esclarecer que não sou vegetariana, pois se fosse permitido casar com comida japonesa e o KFC todo, eu o faria. Por algum motivo que não sei explicar, apenas a visão de carne vermelha me dá um pequeno desespero. E vocês sabem com qual frequência sou convidada para essas atividades citadas? Várias vezes! Você me reconhecerá como a garotinha que fica bebendo breja e comendo pão de alho. 
Romero Britto Me expliquem onde que está a graça/beleza na arte dele? Olha, eu adoro coisas coloridas e etc, mas não venha tentar me vender esses ~desenhos~ como suprassumo da arte moderna. Vamos deixar bem claro que se você é meu brother e surgir com qualquer coisa temática do RB, tenha certeza que irei roubar tal objeto na surdina e o colocarei numa fogueira para Behemoth. Fiquem avisados!
Quem aí também odeia algo da lista? Me dê um high five nos comentários para que eu não me sinta sozinha!
Mia Fernandes

life actually #2 - um resumo dos meus dias

Olar!

Não é bom quando a vida anda tão corrida que você nem encontra tempo para falar do próprio umbigo? Após uma semana de merecidas férias, estou com foco total no trabalho. Jurava que sete dias distantes não fariam muita diferença em minha vida, mas estava tão necessidade de descanso, que voltei com as pilhas novas e completamente focada.

Minha vida pessoal não anda muito animada, principalmente por não sentir mais tesão em sair por aí sem rumo. Hoje em dia, troco um boteco pela caminha quentinha, com uma cervejinha e o Netflix. Descobri que sou muito apaixonada por minha companhia.

Bem, vamos lá que agora é hora de recapitular os últimos acontecimentos:

Por onde andei? Mês passado (ou retrasado) realizei o sonho de conhecer o Google Brasil. Também conheci um bar (na Vila Mariana) chamado GIBI - é na rua da casa de uma amiga e também é simplesmente o melhor lugar do mundo. A decoração é toda nerd e as cervejas são incríveis! Sem contar que os frequentadores são bem bacanas. Diversas conversas sobre gibis e seriados rolando por aí.

O que estou lendo? Após terminar O Jogador Número Um (tem resenha aqui), cai em uma pequena ressaca literária (sempre acontece comigo quando leio algo muito bom), mas agora peguei firme e estou terminando Terra de Histórias - O Feitiço do Desejo do Chris Colfer (o Kurt Hummel de Glee). Ele é um ótimo escritor, as frases são bem construídas e o livro é bem criativo. O único problema é que não me empolguei loucamente com a história. Acho que está faltando um pouco de emoção, sabe? Vamos ver se até o fim melhora!

O que estou assistindo? Nas férias, enlouqueci completamente e decidi que faria uma maratona de Psych (estava no começo da terceira temporada em 2000 e lá vai bolinha). No momento, só faltam três episódios para terminar a sexta! Eu amo a simplicidade desse seriado e os atores fofos <3

Também estou na vibe de assistir uns filmes mais levinhos e sossegadinhos (nada que exija muito pensamento):


Academia de Vampiros: Irmãs de Sangue 
Li os três primeiros livros da série e fiquei com medo com os rumores que o filme era um flop total. Realmente, preciso concordar que não existe aquele tom sombrio e que todos os personagens do filme são apenas uma versão caricata do livro. Mas sabe que eu curti?
Achei engraçadinho. Curti as piadas que foram inseridas. Deu pra me divertir bastante!

Rapture-Palooza  
Tipo de filme que é ideal para desligar o cérebro e apenas curtir! Ele é sardônico e tem a atuação maravilhosa da Anna Kendrick (futura rainha do universo).

Authors Anonymous 
Acho que este não é um filme para todos, mas se você é escritor, com certeza rolará uma identificação. O filme é um grupo de aspirantes à escritor que se encontram para criticar as obras um dos outros. É incrível como eles praticamente cobrem todo estereótipo existente de "escritor". Confesso que sai bem inspirada a trabalhar duro para concluir meu livro.

Geography Club 
Para quem curte filmes com a temática GLBT, Geography Club é ideal. Baseado em uma série de livros sobre um adolescente que se junta ao "clube de Geografia" de sua escola, que na realidade é um grupo de suporte para gays e lésbicas, disfarçado como o clube mais monótono do mundo. Achei lindinho, só confesso que fiquei um pouco brochada com o final.

O que estou ouvindo? Resolvi dar aquela desenterrada nas bandas ~emo~ que eu escutava na adolescência. No meu fone tá rolando muito Dashboard Confessional, Yellowcard, My Chemical Romance, The Used e etc, etc...Incrível como após tantos anos, as letras ainda significam algo pra mim.

E vocês, o que andam fazendo de bom? Contem aí nos comentários.
Mia Fernandes

presentes para o dia das mães

Chega Dia das Mães e a cena se repete: uma cambada de filhos desesperados, esquadrinhando cada lojinha de shopping atrás de um presente para suas respectivas mamães. O resultado final geralmente é muito parecido: Comprei este jogo de panelas que é a sua cara! ou então, o clássico: Mãe, esse ano não tem presente mas ano que vem é certeza, hein? 

Agora me diz: esta mulher maravilhosa te carregou por 9 meses na barriga e te suportou por pelo menos 18 anos e você nem se deu ao trabalho de comemorar a única data anual que celebra os feitos dela?

Pensando nisso, resolvi compilar um guia com diversos presentes para agradar todo tipo de mãe. Boas compras para todos!

Mamãe moderna: Sua mãe tem smartphone, te dá bronca via Whatsapp, lê o resumo da novela das oito no site e sabe mais spoilers de seriados que você? Então, você tem uma mãe moderna que talvez não fique tão feliz em ganhar um utensílio doméstico não requisitado como presente.
Kobo Glo Pink - Livraria Cultura - R$ 479,00 - Eis um presente que agradará toda mãe moderninha. Se mulher tem um problema é: espaço na bolsa para acomodar um livro. Game of Thrones está fora de cogitação. Que tal levar a mamãe para a nova era com um leitor digital?

Mamãe decoradora: Quem nunca saiu de casa para ir trabalhar, estudar ou simplesmente, comprar pão na padaria e se surpreendeu ao voltar e ver os móveis da casa em posições diferentes, as paredes pintadas de azul e um novo jogo de porcelana chinesa na mesa?
Pôster Andy Warhol - AllPosters - Preço variável - Se sua mãe é control freak da decoração, esqueça os bibelôs de porcelana e invista em um pôster maneiro (de preferência, de um assunto que ela aprecie).

Mamãe vaidosa: Se você não conhece mulher mais vaidosa do que sua mãe, não tem muito como errar na hora de presenteá-la. Para garantir que sua maquiagem nunca mais irá derreter, compre o Fixador de Maquiagem Fix + da M.A.C. - Sephora - R$ 59,00, assim você sai do básico batom-rímel-blush-corretivo e ainda dá algo que será útil em qualquer momento para ela.

Mamãe culta: Sua mãe gosta de ler? Foi ela quem inspirou sua paixão pelo saber? Hora de retribuir tudo o que ela te ensinou com um presente bem bacana. Tem Box com livros do Carlos Ruiz Zafón - Submarino - R$ 59,90

Mamãe aventureira: Sua mãe curte um esporte radical? Ela acha importante estar sempre conectada com a natureza e em movimento constante? Então, que tal comprar uma bicicleta bem bacana pra ela? No Submarino, você encontra vários modelos da Linus por diversos preços

Qual é o seu tipo de mãe? O que você pretende comprar para ela? Conte nos comentários. 

Mia Fernandes

cool cool cool: a edição de domingo #5

Que a força esteja com vocês! Aqui estamos nós, mais uma edição de domingo, mas desta vez em uma data muito especial: Star Wars Day!

Para comemorar o May The Fourth, trouxe alguns links especiais para os fãs da saga:

O elenco do novo filme de Star Wars foi divulgado. Quer saber quem são os atores que foram escalados para o episódio VII?  

Tô desejando muito um vans com a temática de Star Wars. Alguém quer me presentear?

Para quem quiser rir um pouco, tá rolando uma lista de "personagens rejeitados" de Star Wars.

E por fim, deixo um link para quem tem curiosidade de entender um pouco mais sobre esta data, responsável por fazer tantos nerds felizes.

Em outras notícias não relacionadas, confesso que queria uma cópia física deste tarot da Disney. Não é uma graça?

Falando sobre Disney, já imaginou como seriam os personagens de Game of Thrones se fossem parte de um filme deste estúdio? Aposto que seria mais ou menos assim.

E o que podemos dizer deste grupo de fuzileiros navais cantarolando alegremente: Let it go, let it goooooo?

  Já que mencionamos pessoas maravilhosas e autoconfiantes (que podem fazer o que bem quiserem), vamos falar deste discurso da linda Gabourey Sidibe? É pra glorificar de pé! 

  Está rolando uma lista com 37 lições de vida valiosas - inspirada em Friends, claro.

   Ontem rolou o SNL com Andrew Garfield e como vocês podem imaginar, foi muito épico.


  Blogueiras brasileiras de beleza se reuniram para nos dar 17 dicas importantes! Imperdível para aquelas que não manjam nada dos paranauê de beauté - tal como euzinha.

Fãs da Meg Cabot, já podem começar a comemorar! Livros novos do Diário da Princesa e A Mediadora foram anunciados.

Episódio de Simpsons feito em Lego? SIIIIIIIIM!

O Anticast trouxe a equipe de mídias sociais mais hype do momento para um episódio especial sobre a página da Prefeitura de Curitiba.

→ Por fim, deixo aqui a pergunta que não quer calar: vocês já curtiram a página do Conversas Imaginárias no Facebook? Corre lá!

E vocês, conferiram algum link bacana esta semana? Me contem nos comentários! =)

Mia Fernandes